Há dias em que sabe mesmo bem

Morar ao pé da praia…

Com (mais) um dia de sol fenomenal, toca de agarrar nas pernas e ir beber café à beira mar. Estive a torrar, a esplanar bem pertinho da areia e deu-me uma vontade tremenda de ir molhar os pezitos. Ganhei juízo e não fui…

Agora que já estou em casa, já está escuro e começa a fazer um frio tremendo, vou voltar ao Mestrado. Pesa-me a consciência e tenho um trabalho de Estratégia Empresarial para fazer. Não sei muito bem por onde começar, mas o dever fala mais alto!

Anúncios

Fui finalmente à Praia da Areia Branca. A minha praia!

Passei uma bela manhã na Praia da Areia Branca, que fica bem pertinho da minha casa: algures entre Torres Vedras e Peniche.

Como moro “de Lisboa para cima”, a água é um tormento de frescura. Traduzindo, é fria como o raio!

Mas a Praia da Areia Branca tem um “je ne sais quoi”. Já apanhei uns sustos naquele mar (um lembro-me bem, o outro nem por isso), mas o rio pertinho e aquele imenso areal cativam-me.

Para quem não conhece, a Praia da Areia Branca fica relativamente perto de Lisboa, a minha cidade de eleição. Tem um belo parque de campismo (quer dizer, não tem… mas isso também não interessa nada), uns bares todos janotas e areia a perder de vista. 

Ah, já agora, não, não levei a sacola do pic-nic, nem o frango assado, nem tão pouco os croquetes e os rissóis! A Praia da Areia Branca não merece 🙂

Praia da Areia Branca

Hoje foi só minha!